Vantagens da manutenção preventiva nos carros

Escrito por:

Cuidar do carro diariamente é uma maneira de evitar problemas futuros que podem ser ainda mais pesados no bolso do cliente. O objetivo principal é evitar desgastes acima do necessário e minimizar os problemas que podem ocorrer com o uso constante do veículo. Monitorar o funcionamento das peças, engrenagens e fazer correções de deformidades é a maneira mais eficaz de evitar prejuízos futuros.

 

Nos carros seminovos, com até três usados de uso, as peças começam a apresentar o desgaste natural, mas podem ser substituídas ou as falhas podem ser corrigidas sem maiores problemas quando rotineiramente inspecionadas. Nos carros usados, já mais antigos, a atenção tem que ser redobrada pelo tempo de uso, que pode ocasionar quebras e falhas repentinas, mesmo com peças novas, mas pelo conjunto inteiro já ter sofrido um desgaste maior.

 

A vida útil do carro e suas peças depende diretamente da maneira como são utilizadas. Motoristas mais atentos com a manutenção, mas que tem um estilo mais cuidadoso de direção tender a ter menores problemas com o desgaste das peças. Seguir à risca os programas de revisão de carros mais novos e fazer visitas periódicas a uma oficina mecânica são fundamentais para manter a saúde do seu veículo em dia.

 

Por que fazer manutenções regulares

 

As revisões que são feitas periodicamente são fundamentais para diagnosticar e prevenir que problemas futuros possam aparecer. Claro, não existe milagre, mesmo com as revisões em dias, podem acontecer falhas que gerem problemas fora do esperado, mas com as manutenções preventivas, as chances de que isso aconteça são muito reduzidas.

 

Seguir a regra que as explicações que estão dispostas nos manuais do proprietário de cada veículo quanto as revisões e cuidados básicos é uma das formas mais efetivas de evitar transtornos durante a utilização do veículo, mesmo com o passar dos anos, quanto mais revisado, menos problema o carro apresenta.

 

É sempre importante lembrar que não é recomendado, e nem sai barato, deixar para trás as revisões do carro. Levar o veículo até a oficina somente quando apresenta problemas pode ser muito mais caro do que evitar que o veículo se danifique na utilização incorreta ou por alguma falha que poderia ter sido verificada anteriormente.

 

Por estes motivos, aquele proprietário que está mais atento com o bom funcionamento do seu veículo, que faz manutenções periódicas, que está preocupado com o surgimento de barulhos ou o mal funcionamento de algum componente pode garantir que a vida útil do carro seja mais longa e pode evitar que muitos acidentes aconteçam.

 

→ Check-up automotivo

 

Ao levar o carro com frequência para a concessionária, seja para a revisão obrigatória dos primeiros três anos, ou para as revisões de frequência, um check-up veicular é realizado pelo profissional responsável. Todos os sistemas do carro são verificados e se algum problema for detectado, o proprietário é avisado para realizar o reparo necessário.

 

Neste check-up são verificados alguns itens muito importantes. Confira a lista:

 

→ Itens de segurança: motor, freios e correia

→ Trocas: óleo do motor, óleo dos freios, filtros de ar e filtro de combustível

Direção: suspensão, amortecedores e pneus

→ Funcionamento: velas, cabo de vela, sistema de arrefecimento

 

Estes são os itens que são indispensáveis de verificação em toda revisão periódica, independente do ano que o veículo tenha sido produzido. Quando os carros são mais velhos a lista de itens vai sofrendo variações porque outros componentes do carro vão sofrendo o desgaste natural de uso das peças.

 

Cuide do seu carro diariamente!

 

Entrar no carro dar a partida e sair. Essa é ação diária que todos nós fazemos quando precisamos utilizar o veículo. Porém, não está correta. É preciso diariamente ligar o carro, prestar a atenção se o motor ou outros componentes não apresentam barulhos diferentes do habitual.

 

Também ao circular com o carro é preciso estar atento a possíveis falhas na direção, como puxar para esquerda ou para a direita o volante, barulhos ao pisar no freio, barulhos ao passar por lombadas ou buraco. Tudo pode indicar algum possível problema ou falha nas peças durante a utilização.

 

Mas alguns pontos são importantes a serem observados mesmo que não apresentem nenhum problema ou algo diferente durante o uso:

 

Água

Óleo

Carburador

Velas

Catalisador

Filtro de ar

 

Estes são aqueles pequenos itens que parecem não fazer a diferença no dia a dia, mas que quando estão com problemas podem ser muito caros para quem está despreparado.

 

Cuidados semanais com a água e óleo

 

Semanalmente é necessário que o motorista encoste o seu carro em um posto de combustível e cheque alguns pequenos detalhes que fazem toda a diferença para a circulação do veículo.

 

→ Nível de água

 

Quando o carro está frio o nível da água pode ser verificado facilmente, pois ele estará parado e o nível poderá ser medido. No reservatório existe o máximo e o mínio, é aconselhável que ele fique sempre acima da metade, mas não totalmente no máximo. Se o motor estiver quente, é preciso deixar o carro ligado e adicionar a água para circular a água fria e ver a marca do nível do líquido.

 

Sempre que for adicionar água ao reservatório para completar o nível é importante usar o aditivo na medida indicada. Se o nível da água começa a baixar com frequência, leve o carro a uma oficina para que o sistema de arrefecimento seja inspecionado. Algum problema pode estar causando o aquecimento.

 

→ Nível do óleo

 

Toda semana o nível de óleo deve ser verificado e deve estar no nível indicado na vareta. Este procedimento deve ser realizado com o motor frio, com o carro parado e em uma superfície reta. Se o óleo estiver acima da marcação permitida é preciso providenciar a troca porque pode ter lubrificante a mais no motor. Se o óleo estiver abaixo dever ser completado.

 

A cada duas trocas de óleo é importante trocar o filtro para evitar vazamentos e acumulação de resíduos. É importante também limpar a tampa do reservatório a cada vez que checar o óleo.

 

Verificações básicas para o bom funcionamento

 

Aqui vai uma lista com cinco motivos para que você realize a manutenção periódica do seu veículo e se previna de prejuízos futuros:

 

→ Aumento da vida útil do carro;

→ Desempenho de potência e consumo de combustível são melhores;

→ Evita gastos inesperados e problemas maiores;

→ A manutenção preventiva é mais barata que consertar os problemas;

→ Segurança para dirigir nas cidades e estradas.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

4 dicas para economizar dinheiro quando se tem filhos
Por Equipe Organizze
4 truques para melhorar a situação da sua conta bancária!
Por Equipe Organizze
Entenda como funciona o financiamento imobiliário
Por Equipe Organizze
Comer fora ou em casa? Saiba qual o melhor para você
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).